7 MÉTODOS FÁCEIS PARA SE LIVRAR DO PELO ENCRAVADO

O Pelo Encravado pode ser um transtorno na vida de qualquer mulher, mas não se preocupe, preparamos 7 métodos incríveis para acabar de vez com eles

Há uma lista de razões em contribuem com o aparecimento do pelo encravado. E toda mulher deve ter conhecimento sobre esses incríveis métodos que são simples, mas nos ajudam em diversas situações.

Na maioria das vezes o pelo encrava porque está fraco, sem força suficiente para romper a pele e com o canal obstruído tem ainda mais dificuldade em nascer.

 

Um fator que também contribue com o aparecimentos do pelo encravado são as roupas muito apertadas que podem favorecer a foliculite. Daí surgem aquelas bolinhas brancas e, às vezes, avermelhadas que tanto incomodam.

Os pelos encravados são muito comuns em pessoas negras, pois geralmente possuem pelos naturalmente mais enrolados e grossos. Quem se depila frequentemente com lâmina ou cera quente também estão mais suscetíveis

No corpo, as regiões mais comuns de encravamento dos pelos são a virilha, nuca, axila e pescoço onde a pele é fina e possui dobras. Para ficar livre desse incômodo, podemos seguir alguns caminhos fáceis e baratos. Confira a seguir:

1. Compressa de água quente

Umedeça uma toalha com água morna e pressione contra a área inflamada. Faça isso durante dez minutos por dia para abrir os poros e amolecer a pele, facilitando a saída do fio.

2. Limpeza de pele

Depois de removido o pelo, lave a área com água morna e sabonete hidratante. Aplique um antisséptico para proteger contra possíveis infecções.

3. Use roupas certas

Evite usar roupas apertadas ou de tecido sintético nas regiões mais propensas ao pelo encravado, que são as “dobras”: virilha, axila, nuca.

4. Cuidados na depilação

Se você raspa os pelos da perna, virilha e axila, faça isso quando eles estiverem molhados. Além disso, sempre use loção de barbear para lubrificar os fios.

5. Poros fechados

Depois de raspar os pelos, enxague a área com água fria para fechar os poros.

6.Esfoliação

Com uma bucha vegetal, esfregue levemente a região com uma mistura de azeite e açúcar. Faça movimentos circulares nos dois sentidos. Em seguida, enxague bem com água morna e seque. Faça isso duas vezes por semana para remover células de pele mortas, sujeira e óleos que possam estar atrapalhando o crescimento do pelo

7. Pomada para espinha

Aliado à esfoliação, você pode aplicar uma pomada para tratar acne na região afetada. Isso ajuda a desinchar a pele, abrindo espaço para que o pelo cresça.

Leia Também: Os Prós e Contras dos 6 Métodos de Depilação mais Utilizados pelas Mulheres